Nosso Corpo

NOSSO CORPO

De bem com o corpo de bem com a vida!

Nem sempre o que a gente vê refletido no espelho nos agrada, mas isso não é motivo para deixar de se gostar ou se cuidar. Afinal, nosso corpo é nosso templo. O jeito como o tratamos influencia em nosso dia a dia. Então, que tal mudar seus pensamentos e atitudes e ser feliz hein?


Cuide-se mais

A famosa citação “mente sã, corpo são” não poderia ser mais adequada.” Nossas emoções negativas, como insegurança, culpa, estresse e ansiedade, levam, silenciosamente, a desequilíbrios bioquímicos, que refletem-no corpo por meio de doenças psicossomáticas”. Em outras palavras: você tem os sintomas mesmo sem apresentar nenhuma alteração nos exames de rotina. É preciso lembrar que nosso corpo não é só físico. O equilíbrio só é atingido quando estamos bem física, emocional, mental e espiritualmente. Na saúde do corpo, o cuidado fica por conta da alimentação e da prática de exercícios. Uma dieta equilibrada e exercícios regulares livram o corpo de todas as toxinas. No caso dos aspectos emocionais, mentais e espirituais, é preciso remover os bloqueios que impedem que as energias se movimentem em harmonia. Para isso procure orientação de um profissional.

Mude seus hábitos alimentares

É comprovado que seguir uma dieta balanceada reflete positivamente no corpo. Quando o organismo recebe todos os nutrientes necessários e em quantidades certas, a pele fica melhor, o cabelo ganha mais brilho, as unhas ficam fortes e até o peso se mantém controlado. Se você precisa emagrecer, procure orientação profissional. Nada de seguir essas dietas da moda ou postar no cardápio que a sua amiga está seguindo. Cada pessoa é única e a dieta também deve ser. Pra quem não precisa perder peso, cuidar da alimentação também trás benefícios. Afinal, ser saudável também é uma meta, certo? “Mudar hábitos não é fácil, sobretudo os alimentares. Comece com pequenas mudanças. Por exemplo, substitua o açúcar branco por 1 mês. No outro, troque o macarrão normal pelo integral. As chances de o resultado ser mais duradouro são maiores dessa forma”.

Tenha atitude!

Elenque os seus pontos fortes e encontre maneiras de aperfeiçoá-los. Melhore o que já está bom. “Na sua vida, tudo aquilo que você foca, aumenta”. Algo esta lhe deixando infeliz, reaja! Trace planos, defina objetivos e estabeleça metas para mudar a sua situação atual. Se você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve. Comece sempre por metas pequenas e de curto a médio prazos, para não correr o risco de frustrar e desistir de tudo.

Sinal vermelho

A não aceitação da nossa imagem corporal pode levar a alguns problemas, como isolamento, o aumento da insegurança, distúrbios alimentares, ansiedade e depressão. “Estar descontente com o corpo gera frustações diárias. Ele é nosso abrigo e se não nos sentimos seguro nesse refúgio, a sensação de desconforto leva a desequilíbrios psíquicos”. Para trabalhar isso, é importante investigar onde tudo começou. Na maioria das vezes é minada na infância e isso faz com que a pessoa tenha uma visão deturpada de si própria. Nesses casos, é essencial procurar a ajuda de um especialista.

Cabelos: nada de fios molhados

Ambientes úmidos e quentes propiciam a proliferação de fungos. Portanto, secar o cabelo ajuda a amenizar a coceira e as “casquinhas”. E não se esqueça: ao manejar o secador, mantenha uma certa distância entre ele e o couro cabeludo, com jatos mornos.

Atenção ao prato e ao uso de touca

O frio também aumenta a vontade de comer, então vale ter moderação na hora de consumir alimentos gordurosos ou com uma grande quantidade de açúcar, pois eles causam maior inflamação e agravam a aparência da caspa. Quanto à touca, ela pode ser uma má ideia, por abafar o couro cabeludo. A dica é utilizar apenas em espaços abertos e ambientes realmente frios.

Sem estresse

Independentemente da época do ano, ele é um dos causadores da caspa, por conta das alterações hormonais que comprometem as defesas do corpo e impedem o combate aos fungos que se proliferam no couro cabeludo. Manter o controle emocional não só ajuda com os problemas capilares como previne diversas doenças. Importante: evitar banhos muito quentes.

PENSE LEVE ( Veganismo) – julho 2018